Sprays Poéticos: das ruas para a Casa das Rosas

SPRAY.jpg

São Paulo é uma das cidades expoentes quando o assunto é Grafite. Reforçando esta idéia a Casa das Rosas resolveu apostar na exposição de 21 imagens do coletivo A Caravana, que misturam grafites feitos com a técnica do stencil – uma máscara sobre a qual é aplicado o spray – e poemas.

Os trabalhos apresentam poemas de Alice Ruiz, Paulo Leminski, Rica P e Paula Valéria Andrade, levados às ruas pelo trabalho dos grafiteiros Ozéas Duarte, Celso Gitahy, Cláudio Donato, Daniel Melim e Bete Nóbrega e ‘lidos’ pelo fotógrafo Beto Riginik.

O coquetel de abertura, que acontece na terça-feira dia 04 de julho, contará com uma apresentação da banda Caravans, que em suas músicas interpreta os Sprays Poéticos do coletivo.

Foto de divulgação do site do coletivo A Caravana

Exposição Sprays Poéticos// de 4 de julho a 4 de agosto// Casa das Rosas// Av. Paulista, 37 – Cerqueira César// Tel: 11 3285.6986// de Terça a Domingo das 10h às 18h// Entrada Gratuita



One Response to “Sprays Poéticos: das ruas para a Casa das Rosas”

  1. Como muita gente ainda discute se grafite é arte ou não, lembrei de um curta que tem no Porta Curtas (www.portacurtas.com.br) bem legal e tem a ver com isso. Chama “Onde Andará Petrucio Felker?”; divertido e muito válido!