Metrô lotado

Estação Vila Mariana

Uma reportagem da Folha de São Paulo deste domingo indica que a adoção do Bilhete Único no metrô paulistano aumentou muito a demanda pelo transporte, causando confusão e trens lotados durante o dia inteiro, não apenas durante o horário de rush.

Só em maio foram transportados 207 mil passageiros extras a cada dia em relação ao mesmo período de 2005. É um número próximo da população de São Carlos (a 231 km de SP).

De acordo com a reportagem, a Linha Vermelha, que liga a zona leste à oeste, é a que mais sofre com a superlotação. Nos horários mais apertados, entre 7h/10h e 17h/19h, um vagão chega a comportar oito passageiros por metro quadrado, quando o “máximo suportável” seria seis passageiros por metro quadrado.

A reportagem da Folha informa que o metrô de Sampa só fica na frente de Moscou e de Tóquio, “onde guardas espremem os passageiros com um bastão para que a porta feche”. Impagável!

O Sampaist quer saber a sua opinião? Você notou alguma diferença após a entrada do Bilhete Único? Acha que a lotação ficou tão mais alta do que já era?



Comments are closed.